Quem não sabe pensar acredita no que pensa.

Quem sabe pensar desconfia do que pensa, e põe-se a repensar…

    Anúncios
  • Categorias

  • Citação

    Aprender é isso: ver o que antes não se via. O conhecimento é nossa maior riqueza e se torna ainda mais valioso quando é compartilhado. ©2010 Positividade
  • Arquivos

  • Passaram por aqui...

    • 564,814 Blogueiros...
  • Quanto vale seu blog?


    My blog is worth $1,693.62.
    How much is your blog worth?

  • anônimo

    Procurei Felicidade neste mundo sem fim; sem saber que na verdade estava dentro de mim...
  • RSS NeuroLog

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Você está no

Tanta informação pra quê?

Posted by teiversonalves em 11 de abril de 2007

Hoje em dia é difícil conhecer alguém que diga, com ares de autêntica modéstia: “não sei”. Todos sabem de tudo, falam sobre qualquer coisa e exercem uma certeza que nem vale a pena conversar, pois se torna discussão. Parece até que virou crime dizer “eu não sei”. A regra é falar sem parar, ter argumento até onde não dé mais, conseguindo assim manipular o ser alheio, será mesmo o melhor essa atitude? As pessoas já não querem ouvir, só querem falar, soltar tudo que aprendeu em revistas, conversas, mídia, internet, orkut e etc. As pessoas querem ser a Google, sem falar nos tempos em que queriam ser Einstein, Pelé, entre outros, sendo assim, elas encontram as informações, mas esquecem dos racíocionio para chegar até lá, como por exemplo, o mais importante na matemática é o cálculo e não o resultado final. As pessoas ficam satisfeitas em ter o resultado na ponta da língua e se envaidece em dizer com rapidez, sendo a velocidade o ato primordial do objetivo.
Com a internet, e celéres estruturais de informação, apesar de tantas virtudes comunicativas e de convivência que geram, criou-se uma geração de palpiteiros, mas do que formadores de opinião. Pior que enganar os outros é se enganar. Na verdade, e uma grande verdade, talvez dura verdade, é que a cultura não se adquire sem esforços. A memória não se dá bem com facilidades, é o que nos fazem diferente dos outros animais, no entanto,
perdemos a pureza que os outros animais tem.
Com o bombardeamento de informações que recebemos nos dias de hoje, precisamos filtrar o que realmente vale a pena, ter uma personalidade e não se deixar levar por qualquer informação. Quanto mais informação, mais difícil será para o ser humano se entender, sendo assim, devemos estabelecer uma conexão maior com a simplicidade, esquecer essas informações sem embasamento nenhum, afinal, nem sabemos se é verdade. Colocam milhões de informações em nossas cabeças, persuadindo nossos pensamentos. Felicidade consiste em simplicidade.
simplicidade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: